Sábado, 31 de Outubro de 2020
(86)99825-8592-998501346
Cidades Piauí

Piauí reforça barreiras sanitárias devido aumento de casos em estados vizinhos

Piauí reforça barreiras sanitárias devido aumento de casos em estados vizinhos

19/09/2020 13h30
497
Por: Júnior repórter
Piauí reforça barreiras sanitárias devido aumento de casos em estados vizinhos
Piauí reforça barreiras sanitárias devido aumento de casos em estados vizinhos

O Governo do Piauí irá reforçar as barreiras sanitárias limítrofes instaladas nas divisas com os estados vizinhos para manter sob controle os índices de infecção pelo novo coronavírus, uma vez que os estados do Ceará e o Pernambuco já apresentam aumento no número de casos da doença.  

Os dados mais recentes da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí, do dia 17 de setembro de 2020, contabilizam 2.012 mortes e 89.443 casos confirmados para a Covid-19. Os números apontam tendência de queda nos óbitos, mas indicam crescimento gradual das internações de pacientes com a doença. Já as internações, que caíram para 500 no início da semana, chegaram a 548 nesta quinta-feira.

Já o estado do Ceará, até a manhã desta sexta-feira (18), de acordo com a plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), registra 232.602 casos confirmados de Covid-19 e 8.790 mortes pela doença. Já o número de notificações chegou a 713.449.

Em relação ao Pernambuco, a Secretaria de Saúde do Estado -  em seu painel epidemiológico - informa 7.954 mortes e 139.325 casos confirmados para a doença. Os dados são do dia 17 de setembro de 2020. 

O governador Wellington Dias lamentou que o estado do Piauí ultrapassou a marca de mais de duas mil mortes pela doença.  “Cada vida humana é uma perda muito grande para a família, para os amigos e para o Piauí", diz. 

Wellington Dias ressalta o trabalho dos profissionais que compõem a estrutura de saúde do estado. Para o governador, a dedicação desses profissionais foi fundamental para que o número de óbitos não fosse ainda maior no Piauí. 

“Nós tínhamos uma previsão de vivenciarmos cerca de 18 mil óbitos até este mês de setembro, o que significa que o trabalho dos profissionais da saúde, integrado ao de gestores municipais, estaduais, federais e do setor privado, também deu resultado e evitou uma tragédia ainda maior". 

O Governo do Piauí destaca que "o estado possui um dos mais baixos índices de mortalidade pelo novo coronavírus do Brasil, ocupando a sétima colocação. Os cuidados de isolamento social e de higiene das mãos, porém, continua estritamente necessário". 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.