Quinta, 01 de Outubro de 2020
(86)99825-8592-998501346
Cidades Ribinha

Ribinha não paga e Equatorial volta a cortar energia da Prefeitura e do Mercado de Campo Maior

Ribinha não paga e Equatorial volta a cortar energia da Prefeitura e do Mercado de Campo Maior

14/09/2020 13h56
84.824
Por: Júnior repórter
Equatorial realizando corte na prefeitura de Campo Maior e no Mercado Central
Equatorial realizando corte na prefeitura de Campo Maior e no Mercado Central

O cortes no fornecimento elétrico em prédios públicos de Campo Maior já viraram rotina na gestão do Prefeito Professor Ribinha. Com dívidas milionárias e o não cumprimento do pagamento, a Equatorial voltou a interromper na manhã desta segunda-feira (14) a energia dos prédios onde funciona a prefeitura e também o Mercado Público de Campo Maior.

VÍDEO | Prefeitura não paga conta e Equatorial corta energia do mercado central de Campo Maior

 

Em meio a luz de velas, muitos dos funcionários foram dispensados do expediente e outros realizam serviços, menos essenciais, no escuro e também sem refrigeração ou ventilação.

No mercado central, a revolta é maior. Cerca de 200 comerciantes temem novamente pelo prejuízo principalmente por conta das mercadorias refrigeradas. Há dois meses a prefeitura chegou a realizar uma ligação clandestina no prédio do Mercado Centra após não honrar com os inúmeros parcelamentos da dívida dos órgãos públicos com a Eletrobras que tiveram o fornecimento elétrico cortado.Ribinha não paga e Equatorial volta a cortar energia da Prefeitura e do Mercado de Campo Maior

Equatorial realizando corte na prefeitura de Campo Maior e no Mercado Central

Neste mesmo período, também por falta de pagamento da prefeitura, Campo Maior inteira ficou sem o sinal de TV aberta após a energia da torre transmissão dos sinais de televisão ser interrompida. O corte veio em meio ao surto da pandemia da Covid-19 que faz isolar a população, principais as mais carentes, nas residências. A interrupção aconteceu em um momento crucial onde a televisão falava sobre os cuidados pela prevenção contra vírus que contaminou milhares e matou dezenas de pessoas em Campo Maior.

A notícia do corte elétrico, apesar de não mais ser um fato novo, aconteceu menos de 24 horas depois da convenção do prefeito de Campo Maior que tenta a reeleição. Com um grande palco, um sistema de som e iluminação, além de fogos de artifícios com gastos ainda não revelados, Ribinha, como gestor,  chegou a discursar de forma eufórica pela administração que faz, mas não soube sequer gerir as finanças que permitem a funcionalidade dos órgãos público de Campo Maior.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.