Quinta, 01 de Outubro de 2020
(86)99825-8592-998501346
Cidades Covid:

Covid: Infecções recentes caem 15% em Teresina mesmo com a reabertura

Covid: Infecções recentes caem 15% em Teresina mesmo com a reabertura

07/08/2020 12h56
78.532
Por: Júnior repórter Fonte: meionorte.com
Firmino apresenta nova pesquisa sorológica (Reprodução)
Firmino apresenta nova pesquisa sorológica (Reprodução)

Em videoconferência no final da manhã desta sexta-feira, 07 de agosto, o prefeito Firmino Filho (PSDB) apresentou os dados da 16ª pesquisa sorológica, realizada entre os dias 31 de julho e 02 de agosto em Teresina. Ao todo, foram 900 testes e questionários aplicados no período em todas as zonas da capital. 

O levantamento apontou uma nova queda nos infectados recentes, ou  seja, com potencial de transmissão do novo coronavírus, chegando a um patamar similar ao do mês de maio. No comparativo a semana anterior, a retração é de 15%. "Vai caindo aos poucos e agora está em 10.551. Isso fez com que o R0 se mantesse abaixo de 1, embora tivesse uma pequena alteração", disse o líder municipal. 

O R0 representa a taxa de transmissibilidade, que está em 0,85, ou seja, dentro do patamar recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Em âmbito geral, a pesquisa destaca que 21,11% da população  teresinense já foi infectada pelo Sars-Cov-2, o que representa 182.569 pessoas. 

LEIA MAIS:  Confira quais serviços que vão abrir nesta sexta-feira em Teresina

A pesquisa ainda evidencia que a subnotificação vem caindo, chegando ao menor patamar desde o início da mensuração pela Prefeitura. 

"Nós temos agora a psquisa na décima sexta edição, a aplicação foi feito no último final de semana. O resultado é de 21,11% das pessoas positivadas, para cada dado oficial existe 11 dados não oficiais, ao logo do tempo esse fator que foi de 12x tem diminuído, mas continua sendo significativa, mas fica mais próxima do que a doença provoca; a cada dez casos só uma apresenta algum sintoma. Esse indicador de 12 vezes dá um indicativo de que as pessoas com nenhum sintoma não procuraram fazer o teste.  Tivemos um crescimento acelerado e nas últimas quatro edição tivemos entre 190/200 mil pessoas positivadas", frisou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.