Domingo, 09 de Agosto de 2020
(86)99825-8592-998501346
Cidades Vídeo mostra

Vídeo mostra cativeiro que gerente de banco e família foram mantidos durante 20 horas em Teresina

Vídeo mostra cativeiro que gerente de banco e família foram mantidos durante 20 horas em Teresina

09/07/2020 13h23
4.623
Por: Júnior repórter
Vídeo mostra cativeiro que gerente de banco e família foram mantidos
Vídeo mostra cativeiro que gerente de banco e família foram mantidos

O programa Bom Dia Meio Norte mostrou com exclusividade a residência onde o gerente do banco e sua família foram mantidos em cativeiro das 19h30 do dia 7 de julho até às 15h30 do dia 08 de julho. A casa fica localizada na região da Taboca do Pau Ferrado, zona rural de Teresina.

De acordo com informações, a casa foi alugada pelos criminosos por cinco dias. A família foi espalhada em diversos cômodos da residência, os pais ficaram na sala e os filhos em diferentes quartos. A filha de seis anos foi colocada em quarto com um colete amarrado com falsos explosivos.

De acordo com a Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), o gerente foi levado até a agência do banco em que trabalha no Centro de Teresina, por três criminosos e lá conseguiu entregar para os bandidos o valor de R$ 50 mil.

Acusados do sequestro foram presos ontem pelo GRECO / Crédito: SSP-PI

Após trabalho minucioso de investigação, as equipes fizeram abordagem a um Polo na Avenida Joaquim Nelson onde foram presos os três primeiros investigados com o dinheiro do resgate. Continuando as investigações e, após abordagem e troca de tiros com os ocupantes de um HB20, efetuou-se as prisões dos demais investigados, bem como foi apreendido uma pistola 380, um revólver calibre 38, "falsos" explosivos que foram usados nos familiares do gerente, além de outros objetos e veículos usados na prática criminosa.

Os seis presos foram identificados como Tercio Kleber Pereira Castro, mais conhecido como Leno, Marcelo Santos, Amaury França Silva Lopes, mais conhecido como Barba, Carlos Lima Araújo, mais conhecido como Carlinhos de Campo Maior, Marcos de Sousa Alves, mais conhecido como Marquinhos Perneta e Thiago Lima Vieira.

A ação teve apoio operacional da Coordenadoria de Operações e Recursos Especias - CORE, BOPE-PM-PI e Força Tarefa-SSP, sob coordenação do Delegado Tales Gomes

Colete com 'falsos' explosivos foi encontrado com os bandidos / Crédito: SSP-PI

Material encontrado com os criminosos / Crédito: SSP-PI

Veículo em que os criminosos estavam quando foram abordados / Crédito:SSP-PI

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.