Domingo, 09 de Agosto de 2020
(86)99825-8592-998501346
Entretenimento Equatorial Piauí

Equatorial Piauí investe para regularizar gambiarras e garantir energia com segurança

Equatorial Piauí investe para regularizar gambiarras e garantir energia com segurança

01/07/2020 19h14
25.955
Por: Júnior repórter
Regularização de gambiarras no bairro Nova Teresina
Regularização de gambiarras no bairro Nova Teresina

As ligações clandestinas de energia elétrica, conhecidas como gambiarras, surgem como consequência do crescimento desordenado das cidades e representam um perigo para quem as instala e aos usuários, que além da irregularidade cometida, sobrecarregam o sistema e geram riscos para a região onde estão localizadas.

Buscando sempre levar energia com qualidade e segurança aos clientes, a Equatorial Piauí segue investindo na regularização da rede elétrica. Em 2019 e 2020, a distribuidora realizou obras em 11 municípios no Estado, garantindo aos clientes o uso da energia elétrica com segurança e mais economia. Nesses projetos, já foram investidos R$ 10 milhões. Na capital, a regularização na Vila Nova Esperança, por exemplo, beneficiou 772 famílias, com um investimento de quase R$ 1,5 milhão.“Agora está bom. Antes aqui faltava energia direto. Depois que regularizou, não faltou mais energia. A gente sente mais segurança no dia a dia”, afirmou a dona de casa Luiza Gonçalves, moradora do município de Amarante, que recebeu investimentos para regularização da rede. Os investimentos seguem em 2020. Em Teresina, as obras acontecerão no Parque Vitória e Residencial Padre Humberto. Também no interior do Estado, em municípios como Avelino Lopes, Luzilândia, Jacobina, Inhuma, São João do Arraial, Capitão de Campos e Palmeira do Piauí.

“A Equatorial investe de Norte a Sul, melhorando o fornecimento de energia para a população piauiense e garantindo o desenvolvimento do estado. Desde o ano passado, foram realizados investimentos em quatro bairros da capital e em outros 11 municípios. Com a nova rede, os clientes ficam regulares com a distribuidora, e em sua maioria podem se cadastrar na Tarifa Social Baixa Renda e garantirem o desconto na conta de energia”, explica Antônio Simões, Gerente de Obras e Manutenção da Equatorial Piauí.

Tarifa Social
Os clientes, após se regularizem junto a distribuidora, devem ficar atentos ao uso dos equipamentos, para ter um consumo de acordo com a sua realidade. E para garantir desconto na conta de energia, os consumidores, que se enquadram nos critérios do Programa Tarifa Social Baixa Renda, como ter NIS válido e renda familiar mensal per capita (por pessoa da família) menor ou igual a meio salário mínimo nacional, podem se inscrever por meio dos canais digitais da Equatorial: pela agência virtual, no site www.equatorialpiaui.com.br; com a assistente virtual Clara, pelo WhatsApp (86) 3228-8200 e pela central 0800 086 0800. O consumidor que não possui o NIS, ou ele está desatualizado, pode utilizar o site da Secretaria da Assistência Social e Cidadania – SASC, www.sasc.pi.gov.br. A regularização do NIS ou a obtenção acontecem também nos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), que durante o período de pandemia da COVID-19, em muitos municípios, segue trabalhando com agendamento.

 

 

 

Município de Amarantes antes da regularização

Município de Amarante após regularização de gambiarras

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.