56
4
13
19
junior74
247
17
casa
Jovem denuncia

Jovem denuncia ter sido dopada e estuprada por dupla no Piauí

Jovem denuncia ter sido dopada e estuprada por dupla no Piauí

24/09/2019 21h16
Por: Júnior repórter
4.861
Jovem denuncia ter sido dopada e estuprada por dupla no Piauí
Jovem denuncia ter sido dopada e estuprada por dupla no Piauí

Estuprada no último sábado (21), uma jovem de 21 anos denuncia ter sido dopada antes de ser violentada por dois homens em Cabeceiras do Piauí. Com laudo que comprova o abuso, a vítima oficializou queixa nesta segunda-feira (23) na delegacia de Barras, responsável pela investigação.

No sábado (21), a mulher deu entrada no hospital municipal e a Polícia Militar foi acionada. No depoimento inicial a vítima disse ter sido levada para a entrada da cidade. “Ela estava visivelmente embriagada,  sob efeito de drogas. Dizia que foi estuprada e falou o nome dos suspeitos”, informou o PM de Cabeceiras, sargento Luís Carlos.

A jovem foi conduzida para o Instituto Médico Legal de Teresina (IML) e passou por atendimento de saúde na Maternidade Dona Evangelina Rosa. De posse do laudo, ela prestou depoimento na manhã desta segunda (23)  à Polícia Civil de Barras.

Segundo a polícia, os suspeitos apontados pela vítima são José da Silva Lima, 25 anos, e Jailson de Sousa Lima, 40 anos. Eles moram na mesma rua e seriam parentes. A jovem teria bebido com os suspeitos em um bar quando foi dopada.

José de Lima se apresentou ao Grupamento da PM de Cabeceiras e negou ter participado do estupro. O outro suspeito está foragido.

Como a ocorrência foi registrada no final de semana, o caso foi encaminhado ao plantão regional da Polícia Civil de Esperantina, que repassou o caso para o distrito mais próximo, no caso, a Delegacia de Barras.

Fonte: Cidade Verde.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários