Terça, 17 de julho de 201817/7/2018
Erro ao processar!
Erro ao processar!
1975
POLÍCIA
Vakeira Funk: Assessoria divulga nota sobre o caso; confira!
Vakeira Funk: Assessoria divulga nota sobre o caso; confira!
Júnior repórter Piripiri - PI
Postada em 19/06/2018 ás 15h54 - atualizada em 19/06/2018 ás 16h07
Vakeira Funk: Assessoria divulga nota sobre o caso; confira!

A agressão teria acontecido no último dia 30 de maio

Na tarde desta sexta-feira (18), a assessoria da cantora  Gleyce Mendes, conhecida no meio artístico como Vakeira Funk, que em um vídeo que circula na internet aparece sendo agredida pelo ex-companheiro, um empresário identificado apenas como Marcelo, enviou nota sobre o caso.


De acordo com a nota, a cantora procurou a polícia e recebeu total assistência logo após a última agressão ocorrida  dia 30 de maio.


Na nota, a assessoria diz que todas as medidas cabíveis foram tomadas para resolver o 'desentendimento’ entre a cantora e o ex-marido.


“De pronto fora atendida a solicitação da mesma no sentido de informar a autoridade policial especializada a ocorrência do desentendimento em questão e  assuas imediatas consequências. Assim, a partir desta ocasião todas as medidas foram e estão sendo implementadas com o intuito de que o inquérito policial seja concluído de tal forma a atender os ditames legais resguardando as devidas garantias jurídicas, tanto da Sr. Greycilene Mendes, como do acusado (seu ex-companheiro), de forma a permitir que o judiciário se posicione diante doa caso em questão a fim de implementar as medidas cabíveis e devidas", diz um trecho da nota.


Confira a nota na íntegra! 



Delegada sobre marido que agrediu cantora: "Tinha muito ciúme"


A delegada Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher do Centro de Teresina, já iniciou investigação acerca do caso de agressão contra a cantora Gleyce Mendes, conhecida no meio artístico como Vakeira Funk. A artista entrou com registrou de ocorrência de agressão cometida pelo próprio marido, um empresário identificado apenas como Marcelo. 


De acordo com a delegada,  o marido tem "muito ciúme da cantora". A última agressão ocorreu no final de maio, episódio em que Marcelo tentou esganar a esposa com ameaças de morte. Um vídeo mostra a agressão que aconteceu no escritório da banda, que fica na  própria residência do casal, localizado na zona Sudeste da Capital. 



Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher do Centro de Teresina (Crédito: Rede Meio Norte)
Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher do Centro de Teresina (Crédito: Rede Meio Norte)



“Segundo informação fornecida por ela, ele [marido] tinha muito ciúme e, hora, ela é cantora. Quando ela cantava batiam palmas e ele ficava com ciúme, então ela apanhava; ele xingava ela de vários nomes como vagabunda e outros nomes. Na última vez, ele tentou esganá-la, empurrou ela contra o balcão, ela caiu e ele disse que ia matá-la. Ela, então, ficou apavorada, com muito medo, e foi acolhida graças a Deus, que hoje as mulheres estão acolhendo esse caso. No dia 30 ela veio denunciá-lo”, afirmou a delegada. 


Segundo Vilma Alves, ameaça é o primeiro indicio do crime de feminicídio. “Ameaça é o primeiro indicativo de feminicídio. A mulher não poder dizer assim: ‘ah, eu estou com medo, e ele vai melhorar’, ‘vou dar uma oportunidade’. E muitas vezes isso ai vai fortalecendo até acontecer o fato do feminicídio”, acrescentou. 


A delegada informou ainda que o suspeito ainda não foi localizado. Segundo Vilma, a Polícia Civil está trabalhando para realizar a prisão do mesmo. 


A violência contra a mulher no Piauí só aumenta. Somente na região Central de Teresina no último mês, a média foi de 30 atendimentos por dia. Os casos começam com agressões verbais e até tentativa de assassinatos.


De janeiro até junho, 20 mulheres já foram mortas pelo simples fato de serem do sexo feminicídio, caracterizando o crime de feminicídio. 


Cantora é agredida com socos e empurrões pelo marido


A Delegacia de Proteção dos Direitos da Mulher de Teresina recebeu a denúncia de agressão sofrida pela cantora Gleyce Mendes, conhecida no meio artístico por Vakeira Funk. A artista entrou com registrou de ocorrência de agressão sofrida pelo próprio marido e empresário identificado apenas como Marcelo.


A agressão teria acontecido no último dia 30 de maio, no escritório da banda, que fica na  própria residência do casal, localizado na zona Sudeste de Teresina.


A cantora foi agredida com socos e empurrões, além de sofrer uma tentativa de enforcamento. Toda a violência foi registrada pelas câmeras de segurança do local e serão utilizadas no inquérito policial. A delegada Vilma Alves é a responsável pela investigação do caso.



A suspeita é de que as agressões vinham acontecendo há vários meses, mas só agora a artista teria feito a denúncia. A reportagem do meionorte.com entrou em contato com a cantora, mas não foi atendida.


O acusado não foi localizado, mas deve se apresentar na delegacia nas próximas horas, onde irá prestar esclarecimentos.


Nas redes sociais, a cantora piauiense acumula quase 70 mil seguidores, entre Instagram (30.300), canal no Youtube (29.000) e Página no Facebook (8.600). Recentemente, Vakeira Funk lançou uma música especial para a Copa do Mundo de 2018, em parceria com a funkeira mirim MC Melody.



Vakeira Funk (Crédito: Reprodução/Facebook)
Vakeira Funk (Crédito: Reprodução/Facebook)





FONTE: meionorte.com
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
819
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium