Terça, 16 de outubro de 2018
Cidades

01/12/2017 ás 12h51

140

Júnior repórter

Piripiri / PI

Homem é condenado a 18 anos após matar pedreiro e lamber a faca
Homem é condenado a 18 anos após matar pedreiro
Homem é condenado a 18 anos após matar pedreiro e lamber a faca
Homem é condenado a 18 anos

Depois de 18 anos foragido da justiça, Cristovam José da Silva sentou no banco do réu nesta quinta-feira (30/11), na cidade de Campo Maior, acusado pelo assassinato do pedreiro Luiz Gonzaga de Sousa Pinto. O Tribunal Popular do Júri decidiu que Cristovam é culpado e estabeleceu pena de 18 anos de prisão.



O Ministério Público defendeu que Cristovam José assassinou a vítima por motivo fútil e agiu com crueldade, já que teria lambido a faca depois de assassinar Luiz Gonzaga. A defesa, porém, sustentou que o acusado agiu em legítima defesa depois de a vítima acertar um tapa em seu rosto.


As duas testemunhas de acusação ouvidas na sessão do júri relataram que estavam na porta de casa quando avistaram o acidente e em seguida as facadas. “Ele tentou correr, mas tropeçou num cachorro e caiu. Foi quando o outro terminou de dar as facadas”, disse uma das testemunhas. “Ele pedia para não ser morto porque tinha filhos”, completou.


Após seis horas de duração, o júri decidiu que Cristovam matou por motivo fútil e com crueldade. A pena de 18 anos de prisão proferida pelo juiz Múccio Miguel Meira deve ser cumprida em regime fechado. Familiares do pedreiro morto acompanharam o julgamento vestidos de camisetas brancas com a frase “Justiça”.


 



Fonte: Com informações do Campo Maior em Foco
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium