Segunda, 23 de julho de 201823/7/2018
Claro
23º
33º
34º
Piripiri - PI
Erro ao processar!
44444444444
POLÍTICA
Paes, Pezão e Cabral negociavam pessoalmente caixa 2, diz delator
negociavam pessoalmente caixa 2, diz delator
Júnior repórter Piripiri - PI
Postada em 05/11/2017 ás 11h08
Paes, Pezão e Cabral negociavam pessoalmente caixa 2, diz delator

Pawel Kopczynski/Reuters Marqueteiro afirma que recebia malas e sacos de dinheiro enviados por representantes dos políticos ou de empresas fornecedoras de serviços aos governos estadual e municipal

Em depoimento de delação premiada prestado no início de outubro, o marqueteiro Renato Pereira afirmou que alguns dos principais nomes do PMDB no Rio de Janeiro participaram diretamente de negociações para pagamento de caixa 2 às eleições de 2010 e 2016. Ele mencionou o ex-prefeito Eduardo Paes, o governador Luiz Fernando Pezão, o ex-governador Sérgio Cabral e o ex-candidato a prefeito e deputado Pedro Paulo.


+ Lula deverá concorrer mesmo condenado em 2ª instância, avalia PT


As informações sobre o depoimento foram obtidas pelo jornal O Globo e detalham, ainda, o modo como se dava o processo de pagamento do dinheiro não contabilizado. Segundo o marqueteiro, ele próprio e seus sócios na empresa Prole Serviços de Propaganda recebiam malas e sacos de dinheiro enviados por representantes dos políticos ou de empresas fornecedoras de serviços aos governos estadual e municipal, tais quais Andrade Gutierrez, Odebrecht e as companhias do "Rei do Ônibus" Jacob Barata.


Pereira revelou ainda que parte dos lucros obtidos por sua empresa nos contratos com os governos precisavam ser compartilhados - um dos beneficiados teria sido o irmão de Sérgio Cabral, o publicitário Maurício Cabral.


Pezão, Paes e Pedro Paulo foram procurados e negaram qualquer tipo de atividade ilícita. A defesa de Cabral, por sua vez, ressaltou que ele está impedido de dar entrevistas.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
929
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium