domingo, 17 de dezembro de 201717/12/2017
Nublado
26º
26º
35º
Piripiri - PI
Erro ao processar!
88888
POLÍTICA
Governador do Estado propõe decreto de emergência para segurança
Wellington Dias quer criar ainda um fundo de investimentos para o setor; a proposta foi bem recebida por Governadores
Júnior repórter Piripiri - PI
Postada em 24/08/2017 ás 17h28
Governador do Estado propõe decreto de emergência para segurança

Governador do Estado propõe decreto de emergência para segurança

O Governador Wellington Dias (PT) declarou que está trabalhando juntamente com os demais governadores do nordeste a declaração de um decreto de emergência na área da segurança pública.  Além disso, o governador propôs a criação de fundo para investimentos no combate à criminalidade e melhoria do serviço na região.


Segundo Wellington Dias, o problema na segurança pública acontece em todo Brasil e, por conta disso, as operações locais são insuficientes para combater com a crise. “Defendi com os governadores do nordeste da gente fazer um decreto de emergência dessa área relacionada à segurança para que possamos ter um tratamento da parte do governo central a altura de um problema grave, porque tem hoje os criminosos, principalmente traficantes, organizados nacionalmente e é impossível lidar localmente”, explicou.


 Wellington Dias
Wellington Dias Foto: Jessica Kamila/OitoMeia


 Wellington Dias disse que a proposta foi bem recebida pelos governadores, que deverão se reunir no próximo mês, em um encontro emergencial, para debater a questão. “Ou resolve o nacional, ou a gente tem dificuldade de resolver sozinho. Como vou poder cuidar da segurança no estado, se não tenho o poder de controlar a entrada de drogas e armas no país?”, questionou o petista.


Segundo o governador, é preciso ainda a criação de um fundo com fonte garantida de recursos destinados para segurança, assim como aqueles que financiam o Bolsa Família, o FUNDEB e o SUS. “No que tange a uma situação ou outra nós estamos tratando. Agora, eu defendo a necessidade de uma ação e um decreto de emergência, pelo menos na região nordeste”, pontuou.


Na capital Teresina, três ônibus e uma caminhonete foram incendiados nesta semana. A suspeita é que a ordem para os incêndios teria saído de um dos presos da Casa de Custódia após o motim que ocorreu na noite do último sábado (19) na penitenciária. A Secretaria de Justiça (SEJUS) informou que a confusão pode ter sido causada pela instalação de câmeras de monitoramento na Unidade.


 Com informações de PortaloDia


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
477
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium